14 pessoas são presas suspeitas de furto de armas no Fórum da Serra

716

Quatorze suspeitos de participar do furto de armas na Serra foram presos em uma ação da Delegacia de Segurança Patrimonial com apoio da Delegacia Especializada em Tóxicos e Entorpecentes (Deten).

Foram recuperadas armas e munições, além da apreensão de drogas e coletes. Mais detalhes sobre a prisão dos suspeitos serão repassados durante coletiva de imprensa na manhã desta sexta.

O furto

Bandidos furtaram mais de 150 armas, de vários tipos e calibres, do Fórum da Serra. O crime aconteceu entre 14 horas e 15 horas do dia 09 de abril, um domingo, numa ação ousada dos criminosos. A perícia passou a tarde no local e ainda não há informações sobre os suspeitos de terem cometido o crime.

Na ocasião, de acordo com o diretor do Fórum, o juiz da 1ª Vara Criminal da Serra Alexandre Farina o roubo foi descoberto pelo caseiro de um cerimonial que funciona ao lado do prédio. Foi ele que comunicou sua desconfiança ao segurança do fórum, que imediatamente acionou o juiz.

Segundo Farina, as investigações iniciais apontam que o cerimonial, que faz divisa com o estacionamento do Fórum, foi alugado para a realização de um almoço de casamento que aconteceria no domingo. À tarde, o caseiro passou pelo local e não viu movimento.

Então, decidiu perguntar a uma das pessoas que tinham alugado o espaço o motivo da festa não ter acontecido. “Havia uma tenda instalada no local e falaram para o caseiro que era para esconder a noiva. Na prática, ela escondia o buraco que foi feito no muro”, relatou o juiz.

Quando Farina e os policiais chegaram ao local descobriram que um buraco havia sido feito no muro e, por ele, os ladrões tiveram acesso ao prédio onde está localizada a sala de armas. No mesmo prédio – que fica na parte de trás do fórum, junto ao estacionamento – ficam os arquivos de todas as varas judiciais. “Não mexeram em nada. Não há nenhum bagunça. Foram direto até as caixas de armas e as levaram”, relatou o juiz.

Fonte: gazetaonline

COMPARTILHAR