Câmara francisquense é exposta ao ridículo com gibiragem de vereador

1618

Tem vereador na Câmara Municipal de Barra de São Francisco que necessita urgentemente procurar algo de útil para fazer em prol da população.

Não bastasse o Dia da Pipa, a defesa dos empinadores de motos pelas rodovias, agora quer a aprovação de um Projeto de Lei que obriga aos pais a plantarem uma árvore para cada filho que nascer.

Parece cômico, mas é a mais pura verdade, um vereador chegou a comentar que não tem como tolerar tamanha gibiragem. Se o cidadão não possui uma área de terras onde irá plantar árvore para cumprir a Lei? E os moradores de apartamentos, como farão?

“Defender o esporte é coisa nobre, mais defender o descumprimento da Lei de trânsito é o cúmulo do ridículo, infelizmente há vereador que defende o esporte de empinar moto, sem pensar em nenhum preparo do local, do veículo, segurança e prevenção de acidentes provocados pelo esporte, lamentavelmente perdeu a noção do valor da Lei e da vida!!!

Será que estamos levando a sério a nossa representação do povo francisquense???”, disparou o vereador José Valdeci.

O Legislativo é um poder de grande importância dentro da vivência democrática de um país, mas, só produz um trabalho efetivo quando seus membros se despem de vaidades pessoais e trabalham em sintonia com a população. Projetos gibiras só servem para expor a Câmara e o Município ao ridículo.

Já passou da hora da Casa de Leis tomarem atitudes contra as tolices e falta de respeito com a população por parte de um vereador que quer a todo custo atrapalhar o processo e fazer do Legislativo a casa da mãe Joana.

COMPARTILHAR