Baixo Guandu: pesquisador vai apresentar experiência sobre monitoramento de barragens

815

O pesquisador Ricardo Menezes Salgado, da Universidade Federal de Alfenas (MG), é mais um palestrante de peso que participará do 1º Fórum Parlamentar de Desenvolvimento Sustentável, em Baixo Guandu, na próxima quinta-feira (10). Ele fará sua palestra pouco antes da bióloga Márcia Chame, da Fundação Oswaldo Cruz, ainda pela manhã, consusbstanciando o evento com informações técnicas relevantes.

Ricardo é Ph.D. em engenharia, com pesquisas com experiência na área de desenvolvimento de soluções para gestão de emergências e sua palestra “Aplicações da Inteligência Computacional na Prevenção e Gestão de Emergências” mostrará como as tecnologias mais recentes na área de computação podem contribuir para a melhoria da gestão em situações de eventos críticos, como o rompimento da barragem da Samarco, em Mariana (MG), contribuindo e investindo na segurança da sociedade.

“A gestão de eventos críticos associados a situações de emergência vêm ocupando a atenção de governos, empresas públicas e privadas, autoridades e a imprensa em geral. As razões das preocupações são facilmente compreensíveis diante de diversos fatores, sendo o principal relacionado à maior exposição que as populações estão submetidas diante de riscos associados a eventos naturais ou acidentes induzidos por tecnologias”, disse Ricardo.

Por eventos naturais ele cita chuvas, tempestades e cheias extremas; tornados e furações; queda de encostas; vulcões; terremotos e outros, e na categoria de acidentes induzidos por tecnologias estão ruptura de barragens ou outras obras de infraestrutura; acidentes em indústrias químicas ou nucleares; colisões de trens; queda de aviões, entre outros).

O Fórum será realizado no Teatro Dom Bosco, a partir das 8h30 até às 17 horas. Os participantes serão recebidos com um coffee break para cadastramento a partir das 7 horas. Haverá participação também de representantes da Fundação Renova, do Instituto Terra e do Ministério Público Federal, abordando o trabalho realizado pela força tarefa após o rompimento da barragem de Mariana (MG), em novembro de 2015.

Realizado pelas Câmaras de Vereadores de Baixo Guandu (ES) e Resplendor (MG), o Fórum de Desenvolvimento Sustentável tem o apoio e parceria da Assembleia Legislativa do Espírito Santo e está chamando a atenção por ser o evento mais importante sobre o tema que está programado para o mês de agosto em todo o Brasil. Dezenas de autoridades já confirmaram presença. PROGRAMAÇÃO 7 às 8h30 – Coffee break e cadastramento dos participantes 8h30 às 10h – Solenidade de abertura (pronunciamento das autoridades) 10 às 10h40 – PALESTRA 1: Deputado Estadual Enivaldo dos Anjos, 2º Secretário da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa. TEMA: Visão política sobre desenvolvimento sustentável. 10h40 às 11h – PALESTRA 2: Dr. Ricardo Menezes Salgado, Ph.D. em engenharia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e pesquisador da Universidade Federal de Alfenas (MG). TEMA: Aplicações da Inteligência Computacional na Prevenção e Gestão de Emergências. 11h às 12h – PALESTRA 3: Dra. Márcia Chame (pesquisadora titular da Fiocruz). TEMA: Monitoramento de animais da Bacia Hidrográfica do Rio Doce. 12 às 13h30 – Intervalo para almoço 13h30 às 14h30 – PALESTRA 4: William Sarayeddin, gerente de engajamento da Fundação Renova. TEMA: Providências da Fundação Renova diante do acidente da Samarco em Mariana. 14h30 às 15h30 – PALESTRA 5: Dr. Fábio Sanches Brito, Representante do Ministério Público Federal.

TEMA: Atuação do MPF diante do desastre do rompimento da Barragem do Fundão, em Minas Gerais. 15h30 às 16h30 – PALESTRA 6: Henrique Lobo (Diretor do Instituto Terra). TEMA: A Bacia Hidrográfica do Rio Doce. 16h30 – Consideração finais e possível elaboração da “Carta de Baixo Guandu” 17 horas – Encerramento Fonte: CIPE – Rio Doce

 

 

COMPARTILHAR