Em meio à pandemia, comerciantes pressionam pela reabertura em Ecoporanga

620

Está circulando nas redes sociais um apelo de empresários de Ecoporanga, no Norte do Espírito Santo, que pede a reabertura do comércio na cidade, mesmo em plena pandemia do novo coronavírus.

As lojas estão fechadas desde a última segunda-feira, 23 de março, e devem permanecer assim por um período de 15 dias, de acordo com um decreto municipal que prevê ações para barrar a disseminação da Covid-19 na cidade.

Alguns comerciantes sugerem que o comércio volte a funcionar em uma espécie de revezamento. Funcionários com mais de 60 anos ficariam em casa e há a previsão da diminuição do horário de atendimento, em caso de necessidade sanitária.

Os comerciantes justificam que a estratégia de isolamento social não só afeta gravemente a renda das famílias, como a manutenção dos empregos, a atividade econômica e a geração de tributos.

COMPARTILHAR