Moradores de Mantenópolis enfrentam novo racionamento de água

Ponto de captação do rio Manteninha

Os moradores de Mantenópolis, na região Noroeste do Espírito Santo, estão passando por racionamento de água durante cinco horas por dia. Desde o final de setembro, o nível do ponto de captação da Companhia Espírito Santense de Água e Esgoto (Cesan) no rio que abastece a cidade é considerado crítico.

O rio Manteninha, usado para abastecer o município com 15 mil habitantes está com o nível baixo e, no local, só está correndo o esgoto.

Volume de água em reservatório também está mais baixo, em Mantenópolis

Sem chover, além do nível crítico, o volume de água na estação de tratamento também é menor. Atualmente, chegam ao reservatório 22 litros por segundo, 10 a menos que o normal.

Por isso, o abastecimento tem ficado interrompido cinco horas por dia, das 11h às 16 horas. Para não ficar sem água, a aposentada Maria Viana mudou a rotina.

“Estou deixando a roupa suja amontoada aqui. Se Deus quiser, um dia eu lavo. Tem que economizar, é perigoso faltar água até para beber”, alertou.

Aposentada deixa de lavar roupa para economizar água
COMPARTILHAR